Tudo sobre Gilmore Girls

Hello people, não sei quem se lembra, mas há 16 anos era lançada a série "Gilmore Girls", que o SBT fez o favor de inventar uma tradução idiota como: "Tal mãe, tal filha". Eu era ainda criança quando minha irmã assistia essa série, lembro que não entendia muito bem os diálogos pois sabemos como Lorelai fala bem rápido e sem contar as referências de filmes que elas sempre usam e que a gente nunca tinha assistido...Acho que dos 463 filmes citados na série eu devo ter assistido nem 50. E sim, alguém contou isso e tem até uma lista. Também tem uma lista dos 340 livros citados na série. (Links abaixo)




Lorelai deixou a casa dos pais aos 16, teve e criou sua filha sozinha, abdicou de qualquer luxo, mas para tê-la estudando no melhor colégio do estado, pede dinheiro aos pais e é obrigada a voltar ao convívio deles. O problema é que Emily (Kelly Bishop) e Richard (Edward Hermann) são membros ativos de uma sociedade reacionária, aristocrata, que abomina os “modos de vida” de sua herdeira (que já os envergonhara bastante quando engravidou). Obviamente que – de modo irresistível – a reaproximação transforma os dois lados da moeda. Richard e Emily são afetados pela simplicidade, pela leveza que a filha e a neta lhe trazem e elas são afetadas pela inesperada criação desse laço, já que Rory desenvolve um ligação de afeto absoluta com os avós.


No decorrer das três primeiras temporadas, Rory envolve-se com Dean (Jared Padalecki), com quem mantém uma relação estável durante certo tempo. Sim o mesmo da série Supernatural <3 Dean era o tipo de cara que reclamava porque Rory não queria passar todo o dia com ele, porque de vez em quando ela tinha, não sei, que fazer LIÇÃO DE CASA. Ele achava que a coisa certa a fazer era ligar 100 vezes por noite e depois ficar emburrado se ela não respondesse. "Você quer ficar sozinha para lavar a roupa?", às vezes ele sufocava tanto a Rory que ela não conseguia nem lavar roupa em paz.


 Posteriormente, Rory começou a namorar com o sobrinho de Luke Danes, o bad-boy Jess Mariano.  Ele é o tipo galã bad boy, quem nunca se apaixonou por esse tipo de cara? Achando que poderia corrigir as atitudes dele? Mas, no final, Jess é provavelmente o menos pior dos ex-namorados da Rory. Ele pelo menos se reinventa no final. Ele escreveu um livro! Provavelmente um bem ruim, mas mesmo assim deve ter dado bastante trabalho. Ele foi gentil e até mesmo creditou Rory por sua boa influência sobre ele. Concomitantemente, Lorelai envolve-se com Max Medina, professor de Rory em Chilton, além de encontros casuais com o pai de Rory.


Ao término da 3ª temporada, Rory acaba decidindo ir para a Universidade de Yale, em detrimento ao plano inicial de ir para Harvard. Embora aprecie sua nova vida e o curso de jornalismo, chega a deixar a faculdade no final da 5ª temporada, retornando em meados da 6ª. Em Yale, conhece Logan, herdeiro milionário e arrogante cujo comportamento é contrário aos princípios de Rory, não assumindo uma relação séria com ela no início. Eu me pergunto: Já houve alguém mais idiota na televisão do que Logan Huntzberger? Ele dormiu com todas as madrinhas do casamento da irmã e mesmo assim Rory o perdoou de traição \o/ Não acredito nisso até hoje.


O que eu amo em Gilmore Girls com certeza é o Feminismo. Uma série produzida em 2000, há 16 anos, mas ao mesmo tempo tão atual. As Gilmore deixam isso claro já no episódio piloto do seriado. Apesar de seu apelido ser mais usado ao longo da série, o nome real de Rory é o mesmo da mãe: Lorelai. “Minha mãe estava no hospital, pensando em como homens sempre dão seus próprios nomes a seus filhos”, ela explica, no primeiro episódio. “Por que mulheres não poderiam fazer o mesmo? Ela conta que seu feminismo falou mais alto”. 


 Ao longo das temporadas, referências e comentários não só das duas, como também dos demais personagens deixam claro a preocupação dos roteiristas com a igualdade entre os gêneros – e também com a demonstração de que não: ser feminista não é empecilho na vida de ninguém.
Os documentários adorados por Paris e as bandas de rock idolatradas por Lane. Dá pra descobrir um zilhão de coisas legais, a serem lidas, curtidas e estudadas – muitas delas feministas ❤


Outra coisa: Autoestima é tudo! A melhor amiga de Lorelai, Sookie St. James, é gorda. No começo da série, ela tem uma personalidade exageradamente atrapalhada – mas, com o tempo, essa característica vai sendo abandonada pelos roteiristas. É, sim, possível ser ao mesmo tempo gorda e feliz, além de extremamente talentosa. Tem uma fala dela que eu adoro: "Estou tão gata hoje à noite que seria capaz de paquerar a mim mesma".
Ah também aprendi uma ótima lição com a Emily: "Você não pode ir correndo à porta quando um moço buzina".


Desde que foi confirmada pela Netflix, a volta da série Gilmore Girls, em quatro episódios inéditos de 90 minutos cada, causou frenesi entre os fãs. E agora tenho umas perguntas sobre esses novos episódios:

- O que aconteceu com Lorelai e Luke?
- Rory se realizou no jornalismo?
- O que aconteceu com Dean, Jess e Logan?
- Como está Emily após a morte de Richard?
- Como estão os gêmeos de Lane e Zack?
- Paris e Doyle ainda estão juntos?
- Quantos empregos Kirk teve nos dez anos após o fim da série?


Saberemos tudo na sexta-feira, dia 25 de novembro <3


Para comprar a Caneca clique aqui!

Enquanto isso separei alguns posts legais para matar a saudade:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá querida leitora, obrigada por visitar nosso cantinho!!

Deixe aqui seu carinho...


"É Livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

© Bipolaridade Feminina | Layout por A Design