#Resenha Cinquenta Tons de Cinza

Hello people, hoje vim aqui falar de um livro que virou febre entre as mulheres. Amei os 2 primeiros livros, já comecei a ler o terceiro (o livro faz parte de uma trilogia e conta com as sequências "Cinquenta Tons Mais Escuros" e "Cinquenta Tons de Liberdade"). Quem leu Crepúsculo vai ter a mesma opinião que a minha, parece o mesmo livro só que com momentos eróticos. Fico imaginando a Kristen Stewart no papel da Ana, mas não consigo imaginar alguém para o papel do poderoso Sr Grey.


O livro conta a relação entre Anastasia Steele, uma virgem de 21 anos prestes a se formar em literatura, e Christian Grey, um bilionário sedutor de 27 anos que, por acaso, curte sadomasoquismo - e exerce um poder inexplicável sobre Ana (e qualquer mulher que lê a história).

Acompanhei a transição da garota desde quando ela era uma virgem inexperiente até a sexualmente insaciável. Passei pelas vendas, gravatas prateadas, bolas de pompoarismo, chicote, algemas. E as cenas de sexo rolam no elevador, no piano, no carro, no chuveiro e no Quarto Vermelho da Dor, cheio de brinquedos divertidos e pervertidos. 

Mas 50 Tons de Cinza não é um livro a ser resenhado. Para entender o sucesso das palavras contidas em suas páginas, é preciso descobrir como elas despertaram cada um dos leitores. 

Já leu? O que achou?




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá querida leitora, obrigada por visitar nosso cantinho!!

Deixe aqui seu carinho...


"É Livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

© Bipolaridade Feminina | Layout por A Design